Escatologia Bíblica - Um grito por Sua volta - Ubirajara Almeida
  • Escatologia Bíblica - Um grito por Sua volta - Ubirajara Almeida
  • Escatologia Bíblica - Um grito por Sua volta - Ubirajara Almeida
  • Escatologia Bíblica - Um grito por Sua volta - Ubirajara Almeida
  • Escatologia Bíblica - Um grito por Sua volta - Ubirajara Almeida

Escatologia Bíblica - Um grito por Sua volta - Ubirajara Almeida

Sku: 5E98C8036BDF0

NCM: 4901.99.00

Categoria: LançamentosESCATOLOGIA BÍBLICA

Marca: Exclusivo da Editora

ISBN: 978-85-68485-38-5

Quantidade Disponivel: 0 un

Produto Indisponível

Por R$ 34,90

à vista R$ 31,41 economize 10% no PIX SANTANDER

Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Descrição do Produto
PALAVRA DO AUTOR - 7
 
Agradecimentos – 15
 
 
   Capítulo 01 
     Introdução ao Apocalipse - 19
   Capítulo 02 
    Como interpretar as profecias 
    do final dos tempos - 27
 
   Capítulo 03 
    Divisão do livro do Apocalipse - 33
 
    Doutrinas Escatológicas - 37
 
    Capítulo 04  
    Sobre as duas ressurreições  - 43

Capítulo 05  
    Evidências do Arrebatamento 
     Pré-tribulacional - 57

    Capítulo 06  
    O arrebatamento da igreja- 75

    Capítulo 07 
    Eventos Celestiais- 83

 

    Capítulo 08 
    Eventos escatológicos - 91

 

    Capítulo 09 
    Eventos Finais - 123

 

    REFERÊNCIAS - 141

Informações do Produto
 
Durante quase duas décadas, dediquei-me a pesquisar e estudar sobre esta maravilhosa disciplina teológica chamada Escatologia Bíblica. Visto como o aumento de certas doutrinas contraria a defesa do pentecostalismo, alegando no parecer ideológico deles que essa doutrina foi fragilizada com o tempo, fui despertado a me dedicar a este assunto com sentimento de que aquilo que cri era verdadeiro. No início do ano 2000, fui despertado em uma noite por um sonho que me levou a pregar sobre sua volta. 
Quando, na ocasião, eu ficava e todos subiam, desespero tomou conta de mim; ao acordar, contei para minha esposa e logo em seguida fui envolvido pela busca de conhecer mais sobre este assunto. Então mergulhei a estudar e orar; desde cedo aprendi a crer que a mensagem do evangelho nos fortalece em crermos na primeira vinda de Cristo, cumprindo detalhes do seu ministério, morte e ressurreição, e ouvi a respeito de uma bendita promessa chamada volta de Jesus. Assim, iniciei a minha dedicação a esta disciplina. 
Conhecer o Apocalipse era para mim o meu primeiro desafio. Livros, jornais e documentários ajudaram-me a observar com convicção as riquezas insondáveis desta revelação chamada apocalipse. Tudo começou com minhas curiosidades acerca do que diziam os apóstolos quando pela primeira vez Paulo fala sobre a bendita esperança e, ao fortalecer os crentes de Corinto acerca da ressurreição (ICor15), ele explica de forma detalhada as experiências dos salvos no momento de sua volta. Disse Paulo: “Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória”. 1 Coríntios 15.51-54. Cinco anos atrás, Paulo tinha exortado aos crentes de Tessalônica sobre o mesmo problema da doutrina judaizante acerca da falta de fé. Sabemos que aqueles crentes tinham dúvidas e perguntas sobre a segunda vinda de Cristo. 
Alguns crentes na igreja estavam se recusando a trabalhar, porque Cristo podia voltar a qualquer momento, e também estavam se recusando a respeitar os líderes da igreja (1Tess 5.12,13). Ainda mais, outros estavam pecando abertamente, sem encarar a volta de Cristo seriamente (1Tess 4.1-8). Um terceiro grupo de crentes tinha perguntas sobre o futuro dos santos que morressem antes de Cristo voltar (1Tess 4.13-18). 
Em resposta a estas perguntas, Paulo escreveu a primeira Epístola aos Tessalonicenses, em 52 d.C. (aproximadamente), durante uma permanência de 18 meses em Corinto. Surge então o período das perseguições do primeiro século, do imperador Nero até Domiciano. Revolucionaram o mundo com suas atrocidades para com os cristãos ao ponto de pedirem a eles que negassem a fé, porém um dos mais emblemáticos exemplos de perseverança na fé e na certeza da ressurreição para a vida eterna e da volta de Jesus, foram os crentes de Esmirna, mortos em arenas em rituais cruéis, mas permaneceram firmes ao ponto de o próprio Jesus, ao enviar a carta por João a esta Igreja, escrever a seguinte declaração... “Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida”. (Ap 2.10c) O tempo passou e a esperança sempre sendo renovada, o crescimento no mundo de cristãos aumentava a cada dia, formando a comitiva do ‘ide’ de Jesus, e a cada dia a Igreja se fortalecia na esperança daquilo que Paulo escreveu aos romanos: “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada” Romanos 8.18. 
Chegamos ao Século XXI, mas antes, no início do século XX, acontece o grande avivamento da rua Azuza. Na ocasião, os americanos criam que aquele derramamento seria o final da era da igreja, onde Cristo começaria a preparar a sua noiva para sua volta, nos anos 60. Hinos e sermões foram escritos com mensagens confrontando a igreja a despertar para este dia; os nossos pais relatavam sobre pessoas que tiveram sonhos e revelações sobre a volta de Cristo. 
Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!

Fale Conosco
×